puntos de fibromialgia

Pontos mais dolorosos da fibromialgia | O que você deveria saber

O Fibromialgia É uma doença crônica caracterizada por dor musculoesquelética generalizada e Sensibilidade em pontos corporais específicos. Seus sintomas incluem fadiga, distúrbios do sono, rigidez matinal e dificuldade de concentração, o que é frequentemente chamado de "nevoeiro cerebral". Embora sua causa exata não seja completamente compreendida, acredita -se que envolva uma amplificação da dor cerebral e uma resposta anormal ao estresse. Eles geralmente são dados Pontos de fibromialgia onde dores estão concentradas.

É um distúrbio complexo que afeta principalmente as mulheres, embora também possa afetar os homens. As anormalidades físicas não podem ser detectadas nos exames médicos convencionais, o que torna seu diagnóstico desafiador. O tratamento geralmente inclui uma combinação de dor, terapia física e ocupacional, bem como estratégias de gerenciamento de estresse e mudanças no estilo de vida.

A fibromialgia pode ter um impacto significativo na qualidade de vida daqueles que sofrem com ela, pois os sintomas podem ser enfraquecendo. O apoio médico e psicológico é essencial para ajudar as pessoas a gerenciar essa doença crônica.

Pontos de dor de fibromialgia mais comuns

Os pontos problemáticos mais comuns na fibromialgia são conhecidos como "pontos de gatilho" ou "pontos de concurso". Esses pontos são áreas específicas do corpo que são sensíveis ao toque e geralmente são dolorosas quando pressionadas. Embora nem todos os pacientes com fibromialgia experimentem todos esses pontos problemáticos, o mais comum inclui:

1. Ombros: Pontos de dor nos músculos deltóides, perto do topo dos braços.

2. Pescoço: Pontos na frente e posterior do pescoço.

3. Costas: Pontos na parte superior e lombar.

4. Peito: Pontos na região do esterno e costelas.

5. Cotovelos: Pontos de dor nos cotovelos, especificamente nos músculos extensores.

6. Quadris: Pontos do lado de fora dos quadris.

7. Joelhos: Pontos na parte de trás dos joelhos.

8. Nádegas: Pontos nos músculos das nádegas.

9. Coxas: Pontos dentro das coxas.

10. Pernas: Pontos no topo das pernas, perto do joelho.

É importante observar que é uma doença complexa e Pontos de fibromialgia Eles podem variar de uma pessoa para outra. O diagnóstico é baseado em uma combinação de sintomas, incluindo a presença de pontos problemáticos, e não apenas na identificação desses pontos.

Pontos de fibromialgia

Como a fibromialgia aparece?

A fibromialgia é uma doença crônica e sua aparência não está relacionada a uma causa única e clara. Em vez disso, acredita -se que seja o resultado de uma combinação de fatores que podem contribuir para o seu desenvolvimento. Alguns desses fatores incluem:

1. Predisposição genética: Há evidências de que a fibromialgia pode ter um componente genético, o que significa que pode haver uma maior probabilidade de desenvolvê -lo se você tiver parentes com a doença.

2. Gatilhos ou gatilhos: Eventos físicos ou emocionais, como lesão, cirurgia, infecção ou estresse significativo, são frequentemente associados ao aparecimento de fibromialgia. Esses gatilhos podem desencadear ou piorar os sintomas em pessoas que têm uma predisposição genética.

3. Disfunção na regulação da dor: A fibromialgia é caracterizada por sensibilidade anormal à dor. Acredita -se que exista uma alteração na maneira como o cérebro e o sistema nervoso central processam e transmitem sinais de dor, o que leva a uma percepção amplificada da dor em todo o corpo.

4. Fatores hormonais e neuroquímicos: Alterações nos níveis de certas substâncias químicas no cérebro, como serotonina e dopamina, podem estar envolvidas na aparência e na gravidade da fibromialgia.

5. Fatores Ambientais: Fatores ambientais, como clima, exposição a toxinas e estilo de vida, podem influenciar a aparência e a gravidade dos sintomas da fibromialgia.

Em resumo, a fibromialgia é uma doença complexa e multifatorial, e sua aparência está relacionada a uma combinação de fatores genéticos, ambientais e de gatilho que podem variar de uma pessoa para outra. O entendimento exato de sua causa ainda não está completamente definido, o que torna seu diagnóstico e tratamento desafiador.

Pontos de fibromialgia

Como estão os pontos da fibromialgia?

O "Points of Dor" ou "Trigger Points" na fibromialgia Eles não são tratados diretamente como entidades individuais, pois são apenas uma característica desta doença. Por outro lado, o tratamento da fibromialgia se concentra no manejo geral dos sintomas e na melhoria da qualidade de vida da pessoa afetada. Algumas estratégias de tratamento que podem ajudar Aliviar pontos problemáticos e outros sintomas da fibromialgia incluir:

1. Medicação: Os medicamentos podem ser prescritos para reduzir a dor, melhorar o sono e controlar outros sintomas. Isso pode incluir analgésicos, antidepressivos, relaxantes musculares e medicamentos para melhorar o sono.


2. Terapia fisica: Fisioterapia e terapia ocupacional podem ser úteis para melhorar a função muscular e reduzir a rigidez. Exercícios de baixo impacto, como natação ou ioga, também podem ser benéficos.

3. Exercício regular: Manter um programa de exercícios suaves e regulares pode ajudar a reduzir a dor e melhorar a função física. É importante começar gradualmente e adaptar o exercício às capacidades individuais.

4. Terapia cognitivo-comportamental (TCC): O TCC pode ajudar as pessoas com fibromialgia a desenvolver estratégias para lidar com o estresse, a dor e melhorar a qualidade do sono.

5. Educação: Entender a fibromialgia e aprender a lidar com isso é crucial. A educação sobre doenças pode ajudar as pessoas a assumir o papel ativo em seus próprios cuidados.

6. Suporte emocional: Ter o apoio de amigos, familiares ou grupos de apoio pode ser essencial para lidar com a fibromialgia, pois esta doença pode ter um impacto significativo no poço emocional.

7. Tratamento multidisciplinar: Muitas pessoas com fibromialgia se beneficiam de uma abordagem de tratamento multidisciplinar que envolve médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e outros profissionais de saúde.

É importante ter em mente que o tratamento da fibromialgia é individualizado e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar da mesma forma para outro. O gerenciamento da doença geralmente é a longo prazo e se concentra em melhorar a qualidade de vida e a funcionalidade daqueles que sofrem com ela. Portanto, é essencial trabalhar em estreita colaboração com uma equipe médica para encontrar as melhores estratégias de tratamento para cada caso.